José Manuel Barroso
Presidente da Comissão Europeia

“(…) Os alunos que participaram nestas atividades são mais auto-confiantes, mais inovadores, mais propensos a procurarem novas soluções e novas tecnologias. (…) A partilha de ideias com os estudantes que trabalham em Júnior Empresas é sempre enriquecedora, pois ficamos impressionados com o  entusiasmo, a inovação e a criatividade que essas atividades ajudam a desenvolver nos jovens.”

 

 

 

Ján Figel
Ex Comissário Europeu para a Educação, Formação, Cultura e Juventude

“(…) Nos últimos 40 anos, o conceito de Júnior Empresa tem evoluído para uma prática bem sucedida, incentivando estudantes, universidades e empresas a pensar além dos seus órgãos nacionais, para aprenderem uns com os outros e abraçar o empreendedorismo.”